XXXIII Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos Toggle

Vitória, ES, 18 a 22 de maio de 2015

 

Minicurso 6: Redes de Sensoriamento Participativo: Desafios e Oportunidades

Autores

Thiago Silva (UFMG – Brazil), Pedro Olmo Vaz de Melo (Universidade Federal de Minas Gerais – Brazil), Jussara Almeida (DCC-UFMG – Brazil), João Borges (Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Brazil), Clayson Celes (Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Brazil), Anna Izabel Tostes (Universidade Federal de Minas Gerais – Brazil), Felipe Domingos da Cunha (UFMG – Brazil), Antonio Alfredo Ferreira Loureiro (UFMG – Brazil)

Horário

Sexta-feira, 22 de maio de 2015 das 14:00h as 18:00h.

Resumo

A popularização de dispositivos portáteis, como smartphones e tablets, assim como a adoção mundial de sites de redes sociais torna cada vez mais possível estar conectado e compartilhar dados de qualquer lugar, em qualquer momento. Dados provenientes desse processo representam uma nova fonte de sensoriamento, que é chamada rede de sensoriamento participativo (RSP). Neste cenário, as pessoas participam como sensores sociais, voluntariamente fornecendo dados que capturam as suas experiências de vida diária. Esta grande quantidade de dados sociais pode fornecer novas formas de informações valiosas que não estão disponíveis no momento, a esta escala, utilizando métodos de obtenção de dados tradicionais, e podem ser usadas para melhorar os processos de tomada de decisão. O objetivo deste minicurso é discutir as redes de sensoriamento participativo. Visamos mostrar que RSPs, por exemplo as derivadas do Instagram, Foursquare, e Waze podem atuar como valiosas fontes de sensoriamento em larga escala, proporcionando acesso a caracterí-sticas importantes da dinâmica de cidades e do comportamento social urbano de forma mais rápida do que os métodos tradicionais. Os participantes do minicurso entenderão como trabalhar com RSPs, quais as propriedades desse tipo de rede e a sua utilidade no desenvolvimento de aplicações mais sofisticadas em diversas áreas, por exemplo, sistemas distribuídos. Além disso, discutiremos quais as oportunidades de pesquisa por meio da apresentação e análise de trabalhos realizados sobre desafios específicos da área.

Material Suplementar